Sociedade dos Vinhos Borges

borgeslogo

Fundada em 1884, pelos irmãos António e Francisco, a Sociedade dos Vinhos Borges cedo se transformou numa das principais empresas vitivinícolas nacionais. Reconhecendo que só pela excelência podem os vinhos portugueses afirmar-se no mundo, a Borges desde sempre apostou na qualidade da sua produção, hoje exportada para mais de cinquenta países dos cinco continentes.

Corria então o ano de 1884. À luz da máxima "res non verba", os irmãos Francisco e António Borges, possuidores de qualidades excepcionais – dinamismo, perseverança e inteligência – fundam a empresa cujo legado, assente mais em obras do que em palavras, tem levado longe o nome dos vinhos Borges.

Contar a história da Borges é reviver a história dos seus fundadores e de todos aqueles que, com o tempo, pelo seu trabalho, empenho e dedicação, construíram e afirmaram uma marca que mantém o objectivo primeiro dos seus fundadores: oferecer uma qualidade ímpar que só é possível fazendo, verdadeiramente, vinhos de qualidade única e que se adaptam às preferências do consumidor.

Atravessados três séculos, aqueles que no presente fazem a Borges, seguem o caminho que permitirá, no futuro, continuar a escrever esta história de entrega, dedicação e muito trabalho.